CARTAS DE UM ROMANCE DE CARTAS / André Bezerra

O Rei de Espadas é um ser que amou e por falta de experiência no amor (quem a tem na verdade?) amou errado. Não sei se isso é possível, mas ele fez. Por tal coisa ele perdeu sua Rainha de Copas e sofreu por isso. Agora, milhões de séculos depois, já recuperado (segundo ele) usou-me para descrever à Rainha como se sente e como superou sua perda. Diz Bione: Esta é uma obra de ficção, qualquer semelhança com pessoas vivas, mortas-vivas ou extraviadas será mera paranóia de quem achou.

?Nesse jogo não haverá espaço para mágoas, traumas alheios ou conformismos. É um jogo muito difícil, eu sei. Mas pretendo seguir nele.?
?Já você, saiu morrendo em mim nesse intervalo. Aos poucos. Algumas vezes achei lento até demais.?
?Os tempos de tristeza se foram, Rainha. E os tempos de tristeza ao seu lado se apagaram como a chama de uma vela em seu fim.?
?Amanhã os beijos serão para saciar a paixão e não para espantar a tristeza. Os abraços serão de carinho e não de acalento.?

Nasci aos auspícios da constelação de aquário, ascendendo a aquário mesmo, numa madrugada de segunda-feira, às pressas para chegar a tempo do carnaval. Sou pernambucano, recifense e brasileiro exatamente nesta ordem. Por incentivo do meu avô, comecei a ouvir e ler poesia ainda criança. Fui crescendo e fui vivendo, resolvi que também deveria escrever minhas palavras. Assim o fiz.

Serviço:

Cartas de um Romance de Cartas
André Bezerra
Scortecci Editora
Ficção
ISBN 978-85-366-2369-6
Formato 14 x 21 cm 
96 páginas
1ª edição - 2011
Preço: R$ 25,00

Voltar Topo Enviar a um amigo Imprimir Home