PERSONALIDADE AUTORITÁRIA - O CASO DO POVO BRASILEIRO - 2ª EDIÇÃO AMPLIADA E REVISADA / Flavio Farah

Quando se fala em autoritarismo, é comum entendê-lo como um regime político, ou seja, como uma ditadura. Existe, porém, uma outra concepção de autoritarismo, uma concepção de natureza psicossocial: é o autoritarismo definido como personalidade autoritária. O conceito de personalidade autoritária explica muitas atitudes e comportamentos dos brasileiros. Em tais condições, a obra apresenta: um conceito de personalidade autoritária; a principal característica da personalidade autoritária – o preconceito; padrões de personalidade e de comportamento do indivíduo autoritário; exemplos de casos reais ilustrativos desses padrões. A obra também apresenta evidências de que: grande parte dos brasileiros possuem personalidade autoritária; a personalidade autoritária tem relação com a conduta antiética.

A partir do início da década de 1990, durante as greves que ocorriam nas empresas privadas, Flavio Farah começou a ler nos jornais, repetidamente, declarações dos sindicalistas protestando contra o “autoritarismo” dos patrões. Tantas declarações leu Flavio nesse sentido que ele ficou curioso: o que seria esse tal de “autoritarismo”? Tão curioso ficou ele que decidiu investigar o significado daquela palavra. Naquela época, a única fonte de conhecimento sobre o assunto eram os livros. Como o comércio só abria de segunda a sexta-feira durante o dia e aos sábados no período da manhã, e como Flavio trabalhava de segunda a sexta em período integral, só lhe restaram os sábados para realizar sua pesquisa, visitando as livrarias. Ele não tinha, porém, ideia sobre qual tipo de livro pesquisar. Por esse motivo, Flavio levou vários anos apenas para começar a ter uma ideia sobre o que era “autoritarismo”. Em 1995, Flavio começou o curso de Mestrado na FGV, em São Paulo. A partir desse momento, durante cinco anos, ele teve toda a biblioteca da instituição a seu dispor. Foi assim que ele veio a ter uma boa compreensão do significado da palavra “autoritarismo”. Quanto mais ele aprendia sobre o tema, mais interessado ficava. Após terminar o Mestrado, Flavio continuou a pesquisa, agora, porém, com a ajuda da internet, o que facilitou sobremaneira seu trabalho. Ele continua a pesquisar o assunto até hoje.

Quando se fala em autoritarismo, é comum defini-lo de um ponto de vista político, ou seja, como um regime político no qual o poder é concentrado nas mãos de um só indivíduo, grupo ou órgão, que não tem que prestar contas de suas ações a ninguém. Em um regime político autoritário, o poder é exercido de forma arbitrária, ou seja, sem critérios ou limites impostos pela lei. Existe, porém, uma outra concepção de autoritarismo, uma concepção de natureza psicossocial: é o autoritarismo definido como personalidade autoritária. O conceito de personalidade autoritária explica muitas atitudes e comportamentos diferentes, não apenas teoricamente, mas empiricamente. O conceito de personalidade autoritária é uma teoria unificadora poderosa que explica vários fenômenos psicossociais que ocorrem no Brasil. Em tais condições, a obra apresenta:
Um conceito de personalidade autoritária e sua principal característica – o preconceito;
Padrões de personalidade e de comportamento do indivíduo autoritário com exemplos de casos reais ocorridos no Brasil que ilustram esses padrões;
Posturas políticas do indivíduo autoritário.
A obra também procura demonstrar que:
Grande parte dos brasileiros são autoritários – possuem personalidade autoritária;
Grande parte dos brasileiros são preconceituosos;
O autoritarismo tem relação com a conduta antiética – grande parte dos brasileiros possuem valores morais fracos.

Serviço:

Personalidade Autoritária 
O Caso do Povo Brasileiro
Flavio Farah

Scortecci Editora
Comportamento
ISBN 978-65-5529-615-0
Formato 14 x 21 cm
160 páginas
2ª edição - 2021
Preço: R$ 49,00

Voltar Topo Enviar a um amigo Imprimir Home