FÁBULAS DELICADAS / Eliana Mara Chiossi

Eliana Mara Chiossi é uma escritora que permite ao texto perceber o seu sentido mais feminino, provocando aqui e ali uma subversão perante ideias preconcebidas. Em seu primeiro livro, Fábulas Delicadas (Escrituras Editora), são valiosas as passagens em que fala da semelhança com Deus, da hipótese de ser amante de Hitler ou da possibilidade de se chamar Agnes e correr para ?entregar beijos tolos e minhas ideias vagas?. É de uma mulher impossível que aqui se trata, como diz a dada altura, uma mulher universal que, mais do que outra coisa, pensa.

Este livro coloca, sem rodeios ou medos, uma mulher pensando sobre todos os assuntos a partir do seu lugar: onírico, romântico, delicado, persistente; sendo profundamente crítica, chegando ao sarcasmo um tanto velado, tão bem construído que chega a ser sobretudo bela poesia para o leitor mais incauto. Segundo Valter Hugo Mãe, no texto das orelhas do livro, ?é pelo lado mais insuspeito que tudo acontece. Como se fôssemos lendo por gozo e usufruíssemos, principalmente, de uma desconstrução grande do que é esperado do papel da mulher. Adoro que assim seja, com o preconceito falocrático absolutamente ofendido, para que a visão das coisas se possa completar. Para que o ser humano se assuma também com todo o seu esplendor feminino: forte e inteligente.?

Eliana Mara está envolvida em espontaneidade, ausência de rebuscamentos. Seu texto é direto e certeiro e não nos deixa fora da alçada do seu desconcerto. Ela descarta a linha reta. Ela quer, para si e para nós, a linha curva, a exuberante vida que os dias escondem, a que corre à deriva, ao largo do nosso olhar distraído.

A apresentação do livro é de Maria Lúcia Dal Farra, o texto das orelhas de Valter Hugo Mãe e texto da quarta capa assinado por RM (Roney Mauricio).

?Estas delicadas fábulas, com que Eliana Mara Chiossi estreia de maneira tão notável e peculiar, são sempre pequenos jatos de luz cortante. Fulminantes: definitivos. Por vezes, criam ilhas de lendária solidão; em outras, brotam (do nada) coágulos irados, mas de mel. Às vezes, perfazem inscrições de uma aprendizagem antiquíssima, rupestre. Outras tantas, ostentam e acomodam apertados fatos de amor. Mas sempre explodem os limites do denso rol de linhas em que se represam, transbordando pela nossa existência afora, criando conosco uma camaradagem diuturna e inquieta: feminina.?

Maria Lúcia Dal Farra

Sobre a autora:

Eliana Mara Chiossi é paulistana. Atualmente, mora pertinho do mar, em Salvador. Fez parte do MPA ? Movimento Popular de Arte, na zona leste de São Paulo, onde descobriu a paixão pela literatura e outras artes. É professora doutora (Universidade Federal da Bahia ? UFBA e Universidade Estadual de Feira de Santana - UEFS) na área de Estudos Literários. Seu livro de contos, Mil Folhas e uma, ainda inédito, ficou entre os selecionados do concurso nacional SESC/Record (2006). Escreve em revistas eletrônicas e sites de literatura e cultura. Mantém o blogue O mundo tem inscrições sempre abertas: http://inscricoessempreabertas.blogspot.com

SERVIÇO:

FÁBULAS DELICADAS
Autor: Eliana Mara Chiossi
ISBN: 9788575313237
Edição: 1ª Edição
Páginas: 112
Formato: 14x21
Preço: R$ 19,90

Escrituras Editora e Distribuidora de Livros Ltda
Rua Maestro Callia, 123, Vila Mariana
São Paulo, SP - CEP 04012-100
Telefax: 55 (11) 5904-4499

Voltar Topo Enviar a um amigo Imprimir Home