A CONSPIRAÇÃO MAQUIAVÉLICA - Antonio José Oliveira

Esta comédia parte de uma cogitação intrigante: que reação teria Maquiavel diante da realidade brasileira deste inicio de século XXI? E se participando da perplexidade de Maquiavel, estivessem personagens sabidamente ladinos como o papa Alexandre VI, Lucrecia Borgia, e o rei Dom João VI? Outra constatação intrigante, desta Conspiração, é que todas essas celebridades de vida airosa foram parar no purgatório, e não no inferno.

FILOSOFIA À BRASILEIRA / Ivens Góes

Filosofia à Brasileira vem com a função de fornecer elementos para um debate amplo a respeito de questões variadas, das mais simples às mais profundas, das mais corriqueiras àquelas nunca antes debatidas ou pensadas, e tudo isso com um tempero bem brasileiro, uma linguagem acessível e uma abordagem agradável dos variados assuntos.

HISTÓRIA E TRAGICIDADE / Hélio Sochodolak / Jair Antunes (orgs.)

A presente publicação é oriunda do projeto “História e tragicidade”, que foi executado no período compreendido entre o início do ano de 2007 e o final de 2008. O referido projeto congregou pesquisadores (historiadores e filósofos) do Departamento de História da Universidade Estadual do Centro-Oeste – Campus de Irati e do grupo de pesquisa Estudos em história cultural.

JORNALISMO: ANTONIO GRAMSI / Rubens Bonatelli Moni

Em Jornalismo: Antonio Gramsci, Rubens Bonatelli Moni faz um levantamento crítico dos conceitos que permitem analisar o jornal enquanto veículo para construir e divulgar um conjunto de ideias e todas as implicações que decorrem daí, para o bem e para o mal.

KARL KORSCH / Nildo Viana

O materialismo histórico tem como referência fundamental Karl Marx, o responsável por sua elaboração. A concepção materialista da história teve pouco desenvolvimento e aprofundamento após seu momento inaugural com Karl Marx, pois poucos autores foram além de reproduzir suas contribuições. Uma das raras exceções é Karl Korsch (1886-1961).

LINGUAGEM E ABSOLUTO / Rafael Sandoval

Desde Kant e sua Crítica da Razão Pura que a Metafísica entrou em descrédito; na contemporaneidade, declarar-se um metafísico significa assumir um status menor do que declarar-se um filósofo da ciência ou um filósofo político. É bem verdade que a Metafísica clássica do início século XX em diante perdeu muito de sua credibilidade e consistência.

O PARADIGMA DAS CAVERNAS / Frank Viana de Carvalho

O Paradigma das Cavernas é uma obra que procura apresentar reflexões e análises sobre a condição humana diante dos desafios do conhecimento e das escolhas. Há também importante reflexões sobre paradigmas, verdade, alienação, certezas, valores, ignorância, liberdade e escolhas.

O PODER DISCIPLINAR / Ricardo Barbosa Morais

O poder disciplinar – Uma leitura da transformação da penalidade clássica à moderna nas análises de Michel Foucault, do professor amazonense Ricardo Barbosa Morais, tem como base uma minuciosa análise crítica do livro Vigiar e punir – Nascimento da prisão.

O QUE É O NADA? / Zionel Santana

Heidegger ressalta a importância da aclaração acerca do nada, por isso, ele faz esta indagação: por que há simplesmente o ente e não antes o nada? Dentro de sua concepção, ele coloca os caminhos por onde deveremos trilhar. Se há o ente e não antes o nada? O que está acontecendo? É que o homem está centralizando o seu pensamento em uma única forma de construir o conhecimento, em um só caminho, falta-lhe ousadia para conjeturar os três caminhos: do ser e o não ser e o da aparência.

OS ENSINAMENTOS DE CRISTO / Marcelo Luís Butturini

Os Ensinamentos de Cristo faz uma análise que parte dos elementos morais e éticos que brotam  naturalmente dos ensinamentos de Jesus e que constam nos evangelhos de Mateus, Marcos, Lucas e João. O objetivo da obra literária é fazer com que o leitor aprofunde seu conhecimento e exerça uma opinião crítica sobre o tema. 

OS MESSIAS DO MUNDO / Vito Marino

Mergulhe no universo fascinante da história humana, com suas crenças, religiões e fanatismos. Como se desenvolveram as religiões ocidentais e seus mitos? Conheça uma lista de diversos messias e profetas mundiais desde milênios, com um apanhado de suas vidas e ambições. Muitos deles vieram e se foram, qual é o seu legado?

PÉROLAS DE YEHOSHIAHU / Paulinho Rosenbaum

Como lidar com o tempo da melhor maneira possível? Que mudanças a confiança em D-us pode operar na sua vida? Podemos perceber de imediato as consequências daquilo que fazemos? Neste livro você encontrará ensinamentos sagrados e práticos para atividades diárias e um programa de vida saudável, ministrado por um dos rabinos mais procurados da atualidade, com Yeshivót (centros de estudo) e centenas de alunos em Israel e nas principais capitais americanas.

TARDE TE AMEI / Paulo César de Oliveira

Este livro aborda a beleza como manifestação e esplendor originário do ser. Na Idade Média se reconheciam passivamente o “unum”, o “bonum” e o “verum” como transcendentais, enquanto, sobre a “res”, a “aliquid ” e o “pulchrum”, não havia unanimidade. Foi Felipe “II Cancelliere”(1160-1236), no século XIII, quem inseriu a beleza entre os transcendentais.

UM REEXAME CRÍTICO DAS CONCEPÇÕES JURÍDICOFILOSÓFICAS E DAS AÇÕES SOCIAIS EM BENTHAM / Gastão Rúbio de Sá Weyne

Jeremy Bentham é considerado pelos seus biógrafos como um filósofo esquecido, desprezado e injustiçado, tratado com ferrenhas críticas por seus opositores, quase sempre desconhecedores do conjunto de sua obra. Bentham é admitido como um inspirador de reformas da legislação, implantando efetivamente mais de trinta alterações nas leis inglesas, além de ter sido um defensor dos direitos das minorias discriminadas.

UMA SEMENTE NOVA / Geraldo Flávio

Este livro classifica-se como drama fictício, com um “toque” de filosofia e existencialismo. É o relato sobre um grupo de jovens ambientalistas que se depara com questões de sua própria existência no mundo. Trata-se da história de jovens que se sentem impelidos a dar um significado à vida e ao meio ambiente.

VIDA EM PENSAMENTO / Claudio Costa

Esta autobiografia intelectual é uma versão expandida de um memorial aprovado em concurso. A atual versão é aqui publicada devido ao seu interesse didático. Questões fundamentais da filosofia contempo-rânea, como as do significado, da verdade, da definição de conhecimento e do ceticismo.

VOCÊ É UM CISNE OU UM PATO? / Marcelo Assis da Silva

Os sumérios, um povo da antiguidade, tinham uma história muito curiosa a respeito da criação da humanidade e a respeito dos seus deuses. E o que esse história, datada de pelo menos seis mil anos, pode ter a ver conosco hoje em dia?

Voltar Topo Indicar a um amigo Imprimir
 

Portal do Escritor 
Divulgação de Autores e Livros da Scortecci

FALE CONOSCO

 
Nipotech