(DES)CASO COM A POESIA: INQUIETAÇÕES / Maurício Gomes

Na clareza dos mistérios, o poeta escreve sua própria vida sem deixar de farejar a vida que sopra no seio da humanidade; ele não deixa sem consolo ferida alguma, sem estrelados mágicos. Ora, a poesia de Maurício Gomes é pressão atmosférica, é esta senhora que vem no meio do sono, toma nossa mão e nos leva a passear em sinestesias  em latrinas. Sua poesia pretende arquiteturar o espiritual na arte. Mistura bricolage da natureza. A navalha e o corte exato do natural! Aqui, o céu e o inferno existem no interior de cada verso, no interior do labor da dificuldade e das incertezas das palavras.
Jediel Gonçalves - Pesquisador doutorando em Literatura Francesa na Université de Provence Aix-Marseille I. Autor das obras Marcel Proust: quand écrire, c?est peindre e Proust et le théâtre ?  la poétique de la représentation théâtrale, ambas publicadas na França.

No mundo do descartável e tecnológico, o Homem intensifica sua angústia e seus paradoxos, e para salvá-lo da tão desgraçada vida, somente forças subjetivas e intensas poderão amenizar e abrandar sua alma. A sensibilidade (em latim: sensibilitas) e a katharsis do receber e do perceber fazem do ser humano um ser humanamente humano, isto é, a poesia entrelaçada na vivência dele poderá servir de bálsamo para sua sina (esse é nosso absurdo e nosso niilismo). O mundo precisa de poesia. Ela tem que sangrar e ser (re)velada. Neste (des)tecido da vida, da minha vida, nasceu meu primeiro livro, (Des)caso com a poesia: Inquietações. Em uma relação de amor, há os conflitos e as inquietações que nos fazem crescer e descer ao Tártaro. Inquieta-me a vida, a minha vida. Precisei da sensibilidade e da catarse para desabafar e fugir de mim e do outro. Nasceram palavras sangradas e doídas. Assim é esta coletânea de poemas, um grito de socorro, um grito de espanto e um grito de descaso. Um álbum de fotos sem segmentos, sem princípio nem fim. Cada poema nascido foi suado. Eles já não mais me pertencem. Pedem abrigo e companhia.
Maurício Gomes

Nascido em 12 de setembro de 1968, em Ipameri, Goiás, Maurício Gomes é educador há vinte anos, professor e especialista em Educação. Está envolvido e entrelaçado com a poesia desde o nascimento. Publica agora seu primeiro livro, (Des)aso com a poesia: Inquietações, um nascimento sofrido e um jorrar de sangue. Os poemas deste livro compõem um emaranhado de (des)ordem e inquietações com a vida.

Serviço:

(Des)Caso com a Poesia: Inquietações
Maurício Gomes
Scortecci Editora
Poesia
ISBN 978-85-366-2695-6
Formato 14 x 21 cm 
132 páginas
1ª edição - 2012
Preço: R$ 35,00

Voltar Topo Enviar a um amigo Imprimir Home