Priscila das Graças Paes - Autora de: A menina monodente do cabelo esvoaçante

Priscila das Graças Paes. Nascida em São Paulo, filha de Maria das Graças e Antônio, irmã caçula de André e Patrícia, iniciou sua jornada no Magistério. Formou-se em Ciências Físicas e Biológicas (Bacharel e Licenciatura) e concluiu sua Pós-Graduação em Neuroaprendizagem. Atualmente trabalha como Professora na rede municipal de São Paulo, além de ter atuado por 10 anos na rede estadual. Quando pequena, gostava de escrever livrinhos utilizando os papéis que seu pai trazia do trabalho. Hoje, esposa do Victor e mãe da Cecília, vive um ciclo intenso de amor e inspiração, trazendo da infância a vontade de escrever novamente suas histórias.

A menina monodente do cabelo esvoaçante
Quem disse o que é feio ou bonito? E o que você faria se fosse criança e pudesse responder certas falas? Somos impostos constantemente a seguir padrões que os outros acham que são corretos, principalmente na infância, e que ao longo da vida podem trazer pensamentos distorcidos. A menina monodente do cabelo esvoaçante vem apresentar, de uma forma lúdica e simples, a liberdade e a beleza de ser o que somos e o que queremos. Não existe nada errado, apenas existe sermos felizes como somos e valorizarmos cada detalhe que compõe nosso ser. Sejamos felizes! Sigamos felizes! Nascemos pra isso!

Entrevista

Olá Priscila. É um prazer contar a sua participação no Portal do Escritor

Do que trata o seu Livro?

Da importância de valorizarmos o que somos e amarmos cada detalhe que compõe nosso ser!

Como surgiu a ideia de escrevê-lo e qual o público que se destina sua obra?
Desde criança eu escrevo. Sempre gostei de histórias, principalmente rimadas. A ideia da menina monodente surgiu na verdade trabalhando com meus alunos adolescentes. Nesta fase eles trazem consigo da infância muitos complexos, dores e padrões impostos pela sociedade que acabam travando a vida e a vivência desses jovens. Então fiquei pensando: como poderia falar com as crianças que elas precisam sair deste contexto e se tornarem um dia jovens mais felizes? Certa vez fui tirar uma foto da minha filha e ela tinha um único dente na época e seus cabelos estavam esvoaçantes. Naquele instante a história todinha surgiu na minha mente. Foi um momento único! E hoje as crianças podem conhecer a menina monodente e serem felizes junto com ela!

Fale de você e de seus projetos no mundo das letras. É o primeiro livro de muitos ou apenas o sonho realizado de plantar uma árvore, ter um filho e escrever um Livro?
Este é meu primeiro livro...de muitos! Não quero parar. Tenho atualmente mais um pronto e outro em andamento, mas ainda sem previsão de publicação.

O que você acha da vida de escritor em um Brasil com poucos leitores e onde a leitura é pouco valorizada?
Definitivamente difícil! Inclusive quando publicamos um livro, muita gente à nossa volta quer um de presente, não entendendo por vezes que isso é fruto de um trabalho. Sou uma escritora em construção, aprendendo a caminhar neste mundo e minha luta é valorizar nossos escritores e dar mais visibilidade. No meu Instagram (@priscilapaes18) dou dicas de livros infantis e indico um site que possa adquiri-lo. É o início e uma forma de mostrar o trabalho dessa galera!

Como você ficou sabendo e chegou até a Scortecci Editora?
Através de uma amiga que também publicou seu livro na editora. Ela me incluiu em um grupo de escritores e lá consegui muitas dicas e informações.

O seu livro merece ser lido? Por quê? Alguma mensagem especial para seus leitores?
A menina monodente precisa não só ser lida, mas também fazer parte do dia a dia das crianças! Ser feliz não deve ser pra poucos, deve ser pra todos! Amar cada detalhe que compõe nosso ser, nos tornam pessoas melhores e mais felizes.

Maria Cristina Andersen
Revista do Livro

Curta nossa página no Facebook
Facebook

Voltar Topo Enviar a um amigo Imprimir Home