CANTO DA MATA / Nilson de Oliveira

O ambiente verde, silencioso e com presença de pássaros e outros animais em sua residência na cidade de Vinhedo (SP) foi palco para a inspiração de poemas e poesias, todos recheados de temas vivenciados em 2020 e 2021. Cada verso reflete o olhar crítico e romântico do autor, deixando flutuar sua criatividade linguística e emoções.

Festa na Toca

Tem festa na Toca
Vem gente de lá e acolá
Gente que gosta muito de gente
Vão se aglutinar e muito falar
Vão sorrir, comer, tecer o pano
Que há tempos querem rasgar

Tem festa na Toca
Vem gente ver o meu canto
Na fenda do canto da mata
Ver o meu jeito de viver
Meu jardim, minha poesia
Meus traços, minha jornada

Tem festa na Toca
E todos vão colorir
O chão tosco, ar que pinga
A comida do fogo vermelho
Água do tanque e na moringa.
Nilson de Oliveira

Nilson de Oliveira é autor também dos seguintes livros: O menino poeta (1991), A vaca e o prédio (1996), Em cada canto uma leitura (2003) e Janela aberta – tratos e retratos (2010). Nasceu em 20 de fevereiro de 1955 em Valparaíso (SP). Cursou Economia na FEA-USP e, em seguida, sua formação acadêmica aconteceu na área da Educação. Percorreu uma extensa trajetória profissional no Banco do Brasil, aliada a participações em ações sociais locais e nacionais. Hoje, atua no terceiro setor como educador social e também colabora na área administrativa, além de se dedicar à construção de textos em prosa e poesia registrando seu olhar sobre a realidade em que está inserido.

Serviço:

Canto da Mata
Nilson de Oliveira

Scortecci Editora
Poesia
ISBN 978-65-5529-705-8
Formato 14 x 21 cm 
88 páginas
1ª edição - 2022
Preço: R$ 50,00

Voltar Topo Enviar a um amigo Imprimir Home