BEATRICE PORTINARI (A AMADA DE DANTE) / Luigi Capránica

Este romance de autoria de Luigi Capránica (1821-1891), o “Alexandre Dumas italiano”, reconstitui a história (transcorrida nas últimas décadas do século XIII) do devotado amor de Dante Alighieri por sua bela conterrânea de Florença, Beatrice Portinari – história que se caracterizará por uma sequência de encontros e desencontros, mas que começa com uma afetuosa confissão do poeta da “Divina Comédia”: Nos conhecemos ainda crianças na casa de seu pai, em Santa Margherita. Era o primeiro de maio de 1274. Florença, bela e festiva, saudava o início da primavera. Beatrice tinha então cerca de oito anos. Era bela e graciosa na sua meninice; seus traços delicados eram perfeitos e harmônicos. Apesar da pouca idade, era modesta no vestir e no falar. Pareceu-me um anjinho e, embora eu ainda fosse um garoto, sua imagem despertou no meu coração um forte sentimento. Este afeto apoderou-se de mim, obrigando-me a obedecê-lo e aconselhando-me a procurar rever aquela angelical criança – de tal modo que eu concentrava todo o meu esforço em reencontrá-la. Coincidindo o lançamento da tradução brasileira com a época em que Dante é internacionalmente homenageado pela passagem do 7º centenário de seu falecimento, a responsável por esta edição comentada do romance, Leonora De Luca, presenteia o leitor com uma monografia aqui apresentada como posfácio, “Dante Alighieri (1265-1321) e seu tempo” – texto que incorpora documentação atualizada a respeito do assunto, fornecendo, assim, um perfil completo do movimentado pano de fundo histórico daquele agitado período em que viveram Dante e Beatrice.

Conhecido em toda a Itália da segunda metade do século XIX, o romancista Luigi Capránica (1821-1891) especializou-se na produção de obras de ficção histórica, várias delas publicadas sob a forma de folhetins divulgados pela imprensa quotidiana. Ao reunir, em 1877, três desses textos num único volume intitulado “Narrativas”, o escritor colocou em posição de destaque aquele “romance breve” em que os perfis de Dante Alighieri e Beatrice Portinari são traçados com tintas dramáticas e elegantes, capazes de ainda provocar e sustentar o interesse dos exigentes leitores do século XXI. Lançada no momento em que se encerram as homenagens do “Ano Dante” de 2021 (assinalado pela passagem dos 700 anos da morte do genial poeta toscano), esta tradução é enriquecida pela presença de um esclarecedor posfácio de caracterização histórica da época em que se situam os perso-nagens aqui revividos pelo Marquês de Capránica. A tradutora deste livro, Leonora De Luca, dedica-se há vários anos à produção de versões portuguesas das obras de Capránica, responsabilizando-se pelo lançamento de dois outros romances correlatos, editados pela Scortecci Editora em 2018 e 2019.

Serviço:

Beatrice Portinari
(A Amada de Dante)
Luigi Capránica
Tradução e Comentários: Leonora de Luca
Prefácio de: João Bosco Assis de Luca

Scortecci Editora
Ficção
ISBN 978-65-5529-650-1
Formato 14 x 21 cm 
128 páginas
1ª edição - 2021
Preço: R$ 40,00

Voltar Topo Enviar a um amigo Imprimir Home