A BATALHA DA LAGUNA / Flavio Prada


Em 1864 o exército brasileiro compunha-se de 14 mil a 18 mil soldados de tropas regulares que se espalhavam pela vasta superfície do país e eram aproveitadas também para fins policiais. Sua maior concentração era no sul do país. Não se reconhecia necessidade de maior exército e tinha pouca importância a instituição militar criada por D. Pedro. Para a segurança nacional existia a Guarda Nacional, calculada aleatoriamente em 200 mil homens. A Constituição de então (como a de agora) proibia a Guarda Nacional de ter atividades fora do Brasil, como invadir o Paraguai, mesmo o país tendo sido atacado por ele, como aconteceu. Como a lei teria que ser debatida, aprovada e modificada pelas câmaras da época, o que demandaria muito tempo (o Brasil só tomou conhecimento da guerra trinta dias após a apreensão da nau Araraquara pelos paraguaios), recorreu-se, então, ao expediente de se criar uma nova entidade denominada Voluntários da Pátria. Houve uma corrida armamentista em todo o país. Fazendeiros e senhores de engenho mandaram escravos em substituição a filhos. Mas também escravos problemáticos, indolentes, fugitivos ou que não serviam por algum motivo. Alguns foram enviados com a promessa de que na volta esses heróis nacionais seriam alforriados. LEDO ENGANO!

Flavio Prada é paulistano nascido em 13 de agosto de 1939. Formou-se médico veterinário em 1962, foi professor pesquisador na Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ) da Universidade de São Paulo (USP) de 1963 a 1977 e professor titular na mesma instituição de 1985 a 1997. Foi um dos fundadores da Academia Paulista de Medicina Veterinária, na qual ocupa a cadeira 11. Foi campeão de futebol pela Cosme e Damião de Desportos em 1954. Publicou aproximadamente 150 trabalhos de pesquisa e divulgação durante sua atividade acadêmica. Ministrou aulas no curso de pós-graduação, a convite do Prof. Dr. Aulus Cavalieri Carciofi, na Unesp de Jaboticabal (SP). Graças à Unesp e Mogiana Alimentos S.A. (Guabi), o Laboratório de Nutrição e Doenças Nutricionais Metabólicas recebeu o nome “Prof. Dr. Flavio Prada”, em reconhecimento aos seus ser-viços prestados, motivo para ele de enorme orgulho e gratidão. Em 2009 foi aceito no grupo de escritores do Clube Pinheiros, sob a coordenação da escritora e jornalista Cármen Rocha.Na área infantojuvenil publicou A maldição do faraó, A casa dos três degraus e outros contos e Diálogo com a calçada e outros contos, todos pela Editora Terra Molhada, além de E o Papai Noel existe (Contos de Natal), pela F&R Fotocópia e Papelaria. Na área de ficção, publicou, pela Scortecci Editora, Floradas na Mantiqueira (Romances e paixões), Diálogo com a árvore e outros contos e Somente sentimentos e outros contos, e também a 2ª edição de E o Papai Noel existe (Contos de Natal). Também publicou o livro Meio ambiente – Pesquisa, divulgação e crônicas.

Serviço:

A Batalha da Laguna
Epopeia dos soldados escravos
Flavio Prada 
Scortecci Editora 
Ficção
ISBN 978-85-366- 5923-7
Formato 14 x 21 cm
116 páginas
1ª edição - 2019 
Preço: R$ 29,00
Voltar Topo Enviar a um amigo Imprimir Home