BREVE HISTÓRIA E CRONOLOGIA DA CAPOEIRA / Vlamir Belfante


Versa sobre a cronologia da capoeira. Traz informações sobre a instrumentalidade, cantos e toques da capoeira. Glossário com nome de golpes e termologia utilizada no meio capoeirístico. Neste livro o leitor encontrará a cronologia referente à capoeira de forma mais ampla do que nos livros tradicionais. Porém, além da cronologia, Vlamir Belfante, o Professor Alemão, também buscou contemplar a obra com pequenos textos, como sobre a vinda dos escravos para o Brasil, o surgimento da capoeira, a origem do termo, a musicalidade e os tipos de instrumentos musicais envolvidos, tipos de cantigas, além de outras nuances que recobrem esse mundo maravilhoso do jogar, aprender e viver capoeira. Além disso, traz o registro fotográfico de suas viagens e ao lado de grandes mestres. De forma simples, aborda assuntos pertinentes a todos os estilos de capoeira e ao meio onde ela se expressa. O leitor sentirá as mesmas emoções que o autor vivenciou quando esteve em locais diferentes e com pessoas que contribuem para que a capoeira seja a bela arte que é hoje, em todos os sentidos. O autor convive com a capoeira desde os 12 anos de idade, pelos idos de 1978, quando foi à academia do Mestre Joãozinho (in memoriam), da Academia Paranauê, pela primeira vez. De lá para cá não conseguiu mais deixar de se entusiasmar com tudo que norteia a capoeira: arte, educação, luta, ginga, filosofia, história, conversas com grandes Mestres – enfim, tem um gosto especial quando fala de capoeira. Posteriormente treinou no Grupo de Capoeira Guerreiros da Ilha (mestrando Guerreiro – Artur) e mais recentemente suas atividades estão ligadas ao Grupo de Capoeira Senzala Brasil (mestranda Flávia). Como professor corda marrom, tem trabalhado com adultos e crianças nos Cesas da cidade paulista de Santo André (três anos no Cesa Parque Erasmo e um ano no Cesa Vila Linda), sob a coordenação de sua mestranda, Flávia, junto ao Senzala Brasil. Tem o prazer de pesquisar sobre capoeira e vem visitando cidades históricas ligadas à capoeira, onde faz amizades e troca informações.

Vlamir Belfante, o Professor Alemão.
Mestre Itapoan, formado de Mestre Bimba, tem fé de que nossa memória capoeirística deve ser preservada. De forma muito simples, esta pequena obra traz informações que compõem o mundo da capoeira. Com jargão próprio, como nome de golpes ou tipos de cantiga, traz ao leitor uma experiência própria com ênfase na cronologia. Ocorre que, ao buscar informações sobre a cronologia da capoeira nos livros, Vlamir Belfante sempre as encontrava fragmentadas demais. Sabe que aqui ainda não consta completa, mas conseguiu juntar informações de forma mais ampla que nos livros de muitos autores da atualidade. O mesmo Mestre Itapoan também afirma que capoeira não é apenas a roda e poucos enxergam mais à frente para partir em busca de fatos que deixem nossa história mais clara. Vlamir Belfante deseja trilhar sempre nesse sentido. Haja vista a participação em oficinas, congressos, festivais e rodas de capoeira, além de visitas a museus e cidades históricas. Também compõe o rol de conhecimento do autor os filmes e documentários, muitos deles já disponíveis na internet a todo o público interessado no assunto. Após seu contato com Mestre Pedro Abib, no Primeiro Congresso de Capoeira Escolar, na Universidade de São Paulo (USP), organizado pelo Mestre Gladson, intensificou sua pesquisa, buscando conhecer as obras de Abib, inclusive visitando a Universidade Federal da Bahia. Em Salvador, tem repetido o prazer de jogar capoeira no Mercado Modelo (com Mestre Americano e outros), no Pelourinho, sendo sempre muito bem recepcionado por Mestre Pelé da Bomba (Presidente da Associação Nacional de Capoeira Angola), Mestre Pith Bull (capoeira regional) e outros, além das visitas ao Forte Santo Antonio (recebido por mestres Curió, Zé do Lenço e outros angoleiros) e também a Santo Amaro da Purificação (recebido por Mestre Zé Dario, da Academia Quilombo). Suas amizades não param por aí. Em São Paulo Vlamir Belfante teve o prazer de ser convidado pelo Mestre Valdenor (Nova Luanda) para compor a gestão atual da Federação Paulista de Capoeira. Também foi convidado para compor a arbitragem da Liga Andreense de Capoeira pelo Mestre Timbú.Tem trabalhado com capoeira com crianças e adultos nos Cesas da cidade de Santo André e mantém no Facebook Grupo de Estudos Filosóficos sobre a Capoeira – Mucongos de Angola, juntando aí trechos de rodas e comentários de mestres da capoeira não só do Brasil, além de também agregar nesse espaço outras artes marciais com que simpatiza. Iê Camará!

Serviço:

Breve História e Cronologia da Capoeira
Vlamir Belfante
Scortecci Editora 
Esporte
ISBN 978-85-366-5762-2
Formato 14 x 21 cm
136 páginas
1ª edição - 2018
Preço: R$ 30,00
Voltar Topo Enviar a um amigo Imprimir Home