Zezinha Lins (Maria José Oliveira Lins)

Zezinha Lins. Nome literário de Maria José Oliveira Lins.
É natural de Glória do Goitá (PE), onde é conselheira cultural municipal e participa como voluntária do Centro de Desenvolvimento Sociocultural. É graduada em Letras com especialização em Língua Portuguesa e mestre em Ciências da Educação. Foi professora da rede municipal de ensino no seu município. Participou da Antologia da Casa da Poesia (volumes de 1 a 7) e da Antologia Chuva Literária, da Scortecci Editora. Publicou em 2014 um e-book intitulado Simples Assim. Lançou o livro Tecelã do Tempo – Histórias de uma Vida em abril de 2017. É membro da Academia de Letras do Brasil – Sucursal São Paulo.

Partes do Meu Todo
Partes do meu todo, de Zezinha Lins, é um livro diferente, pois desconstrói os padrões comuns da escrita. A autora, de forma criativa, costura prosa e versos como partes de um todo enquanto narra diferentes enredos por meio de diálogos entre o narrador, o escritor e o poeta. O leitor escolhe por onde quer começar a leitura, pois a ordem não altera a compreensão dos fatos narrados. Neles, os personagens vivem seus prazeres e dilemas numa deliciosa provável mistura de ficção com realidade, o leitor é desafiado a imaginar onde termina uma e começa a outra ou se realmente há essa linha tênue. Mergulhar na leitura de Partes do meu todo pode ser comparada a uma viagem com paradas obrigatórias em cada uma das 21 estações, cada estação, o encontro com uma parte, não a parte que falta, mas a parte que por si só é completa. Por fim, o todo. Concluída a viagem, há quem vá querer retornar.
Nossa existência é composta de variadas experiências. Experiências que nos fazem refletir, sonhar, sentir medo, chorar, superar-se, alegrar-se, amar. Enfim, viver da maneira mais plena possível, integrando nossas partes ao nosso todo. Através de crônicas narrativas, poéticas, dissertativas, minicontos e poemas, esta obra traz à luz diferentes temas para uma proveitosa discussão com o outro ou com nós mesmos. A variedade de gêneros textuais faz deste um livro diferente. A autora, fiel ao seu estilo, costura prosa e versos como partes de um todo. A obra apresenta um diálogo dinâmico e até mesmo lúdico, tornando a leitura agradável, leve e bastante reflexiva. A interferência do escritor com seus comentários entre um texto em prosa e outro em versos provoca uma sensação de bate-papo na sala de estar entre o narrador, o escritor e o poeta. Uma conversação rica, com conteúdos relevantes, que evidencia as limitações e a capacidade de superação do ser humano em diferentes situações do cotidiano.

ENTREVISTA

Olá Maria José. É um prazer contar, novamente, com a sua participação no Portal do Escritor.

Do que trata o seu Livro? Como surgiu a ideia de escrevê-lo e qual o público que se destina sua obra?
Através de crônicas narrativas, poéticas, dissertativas; minicontos e poemas, esta obra traz à luz, diferentes temas para uma proveitosa discussão com o outro ou com nós mesmos. A variedade de gêneros textuais, faz deste um livro diferente. Nele a prosa e os versos são costurados como partes de um todo. A obra apresenta um diálogo entre o narrador, o escritor e o poeta. Uma conversação rica, com conteúdos atuais e relevantes evidenciam as limitações e a capacidade de superação do ser humano em diferentes situações do cotidiano.
Cada texto com sua identidade própria permite ao leitor entrar na intimidade das personagens e se perguntar onde termina a ficção e onde começa a realidade ou até mesmo se há esse corte. Cada leitor poderá tirar suas próprias conclusões.
A ideia de escrevê-lo surgiu após me tornar colunista do site Casa da Poesia endossada com o sucesso do meu primeiro livro Tecelã do Tempo, histórias de uma vida, uma história real contada em prosa e versos.
Partes do Meu Todo pode ser lido por qualquer pessoa que já domine a leitura e a compreensão de textos. Inclusive está sendo adotado para o ano letivo de 2019 como livro paradidádico para alunos do 6º ao 9º ano na Escola Dom Miguel em Glória do Goitá – PE.

Fale de você e de seus projetos no mundo das letras. É o primeiro livro de muitos ou apenas o sonho realizado de plantar uma árvore, ter um filho e escrever um Livro?
- Sou Maria José Oliveira Lins, nome literário: Zezinha Lins natural de Glória do Goitá, (PE), onde sou conselheira cultural municipal. Sou graduada em Letras com especialização em Língua Portuguesa e mestre em Ciências da Educação. Foi professora da rede municipal de ensino do município de Glória do Goitá.
Atualmente dedico-me a escrever, publicar meus livros e realizar eventos literários com crianças, jovens e adultos.
Participei da Antologia de poesias, contos e crônicas da Casa da Poesia Editora (volumes de 1 a 8) e da Antologia Chuva Literária com a editora Scortecci (2017)
Publiquei em 2014 um e-book intitulado Simples Assim. Participei de várias Antologias, lancei o livro Tecelã do Tempo, histórias de uma vida em abril de 2017, o mesmo foi escolhido como livro paradidático por uma escola. Em 2017 fui laureada com uma cadeira na Academia de Letra do Brasil-Sucursal São Paulo.
Pretendo continuar cada vez mais com meus projetos levando a literatura até as pessoas em diferentes espaços. Tenho alguns projetos já encaminhados e continuarei publicando.

O que você acha da vida de escritor em um Brasil com poucos leitores e onde a leitura é pouco valorizada?
O escritor brasileiro tem grandes desafios: além de escrever e publicar seus livros, na maioria das vezes de forma independente, é preciso envolver-se em projetos culturais nas escolas e sociedade em geral; levar a literatura até as pessoas com criatividade e não se deixar abater pela dificuldade de ser visto pelas grandes editoras tradicionais. Acreditar nos seus projetos, ser atuante na divulgação dos seus livros e seguir em frente operando como cidadão das letras onde for necessário, enfim dar sua contribuição social. Esse trabalho paralelo ajudará na valorização da leitura e na formação do seu público leitor.

Como você ficou sabendo e chegou até a Scortecci Editora?
Conheci a Scortecci Editora através do meu editor e amigo Renato Baptista.

O seu livro merece ser lido? Por quê? Alguma mensagem especial para seus leitores?
Partes do meu todo é um livro diferente, pois desconstrói os padrões comuns da escrita. O leitor escolhe por onde quer começar a leitura, pois a ordem não altera a compreensão dos fatos narrados, tornando a leitura mais dinâmica e agradável.
Mergulhar na leitura de Partes do meu todo pode ser comparada a uma viagem com paradas obrigatórias em cada uma das 21 estações, cada estação, o encontro com uma parte, não a parte que falta, mas a parte que por si só é completa. Por fim, o todo. Concluída a viagem, há quem vá querer retornar.
Aventure-se a mergulhar neste universo tão plural onde o inteiro divide-se em partes para depois compor o todo.

Maria Cristina Andersen
Blog do Escritor

Curta nossa página no Facebook
Facebook

Voltar Topo Enviar a um amigo Imprimir Home