CONTO DO SUBÚRBIO / Michel Stamatopoulos

Obra representa o desenvolvimento das relações sociais e amorosas de seu principal personagem José Carlos Peixoto, que procura dentro do seu ambiente de vida encontrar a porta que o leve a estabilidade emocional e econômica, por várias aventuras.

Ah! Os anos 80... período das descobertas, grande riqueza de uma enorme produção cultural, amigos, ídolos, as marcas impressas na história, a geração de artistas, o legado para o futuro, a nossa herança. Havia um certo tom poético envolto naquela fumaça, os conflitos e o comprometimento por ideais. Das garagens do subúrbio, uma explosão de sentimentos, o combustível despejado sobre a desigualdade social. Um cenário de exigências influenciou o surgimento de novas máquinas, um novo desafio: a produção com uso de suas próprias ferramentas, ou seja, “faça você mesmo”! O sinal verde, com o processo de reabertura democrática, sobre o asfalto ainda cheirando lacrimogênio, um jovem filho de metalúrgico encontra-se com um “Garoto Podre”, daqueles que saíam de suas garagens para mostrar que a história vem antes de vocês. Daquele metal não precioso, já usado e considerado sem utilização, o “Sukata” refunde para poder ser novamente utilizado como uma das importantes engrenagens para fazer de nosso ABC a “Detroit do Rock”. Minha gratidão a Michel “Sukata” Stamatopoulos por sua influência cultural e assim nos proporcionar novas perspectivas ao trazer as questões sociais e políticas para o plano emocional através de sua arte, a sua música ou num conto do subúrbio.
Kadu Castro - Autor do projeto literário ABC a Detroit do Rock Brasileiro
https://www.facebook.com/abcadetroitdorockbrasileiro/

Michel Stamatopoulos é Bacharel em Ciências Jurídicas. Advogado, cursou pós-graduação em Processo do Trabalho na Universidade Mackenzie (SP) e é mestre em Relações de Interesses Difusos e Coletivos pela Unimes (Santos). Fundou a primeira câmara de mediação e arbitragem da região do ABCD, onde atua até os dias de hoje como árbitro na área empresarial, além de ser consultor processual junto a empresas. Atuou como músico (durante 33 anos) do grupo musical Garotos Podres, sendo coautor de clássicos do punk rock nacional, como “Papai Noel”, “Anarquia” e “Johnny”, cuja música inspirou sua primeira obra, Você quer ser Johnny? (São Paulo, Olho d’Água, 2007), que se tornou um clássico do gênero punk book nacional. Nesta sua segunda obra, o autor expõe os sentimentos de seu personagem numa escrita coloquial e carregada com o anticlássico bukowskiniano, e com isso o leitor vai encontrar nestas páginas a impetuosidade de sua adolescência, com a necessidade de afirmação pessoal e social, aquele vulcão que muitos fazem adormecer, mas que nem por isso deixam de estar vivos, aguardando seu momento. Bebida alcoólica, prostitutas, drogas, desilusões e brigas num conto de ficção em que o personagem principal, José Carlos Peixoto, ultrapassa a materialidade e nos deixa mais uma vez com saudade do seu tempo. Boa leitura a todos!
Contatos:
michelgrego@ig.com.br

Serviço:

Conto do Subúrbio...
Proibido Para Menores!
Michel Stamatopoulos

Scortecci Editora
Ficção
ISBN 978-85-366-5703-5
Formato 14 x 21 cm 
196 páginas
1ª edição - 2018
Preço: R$ 30,00

Voltar Topo Enviar a um amigo Imprimir Home