Saleti Hartmann

Saleti Hartmann nascida em Cândido Godói, Rio Grande do Sul, escreve desde a adolescência, tendo recebido algumas premiações em concursos literários efetuados nacionalmente e internacionalmente. Tem 8 livros publicados, na sua maior parte, poemas e crônicas, abordando valores que buscam o Bem, a Paz e o Amor Universal. Tem 59 anos, solteira. Professora e Pedagoga. Poetisa. Gosta da natureza, música, leitura e procura, no silêncio e nos acontecimentos cotidianos,a inspiração para os seus poemas.

A Água e a Criança
O livro, em forma de poemeto, é um libelo de amor que pretende homenagear duas criaturas muito amadas e necessitadas, neste mundo: a água e a criança. Aborda poeticamente o relacionamento terno da criança com a água, lembrando talvez da infância de muitos dos leitores adultos. É uma forma de redescobrir a importância da água e da criança, que estão sendo contaminados com o excessivo materialismo e poluição. Um libelo de coração para coração, onde a ternura se destaca num mundo vazio de valores.

ENTREVISTA

Olá Saleti. É um prazer contar com a sua participação no Portal do Escritor.

Do que trata o seu Livro? Como surgiu a ideia de escrevê-lo e qual o público que se destina sua obra?
O livro A ÁGUA E A C RIANÇA surgiu de uma necessidade de expressar minhas lembranças dos bons tempos de infância, quando a água da chuva era minha cúmplice de brincadeiras, de descobertas e de doce encantamento. Creio que a criança de hoje sente muita falta desta sintonia com a natureza, e gostaria que os pequeninos se encontrassem nas expressões desta pequena história em forma de poemeto. Não desejo atingir somente o público infantil, mas todas aquelas pessoas que tiveram uma infância plena de felicidade junto com a mãe natureza, e cuja criança resiste em sobreviver em seus corações.

Fale de você e de seus projetos no mundo das letras. É o primeiro livro de muitos ou apenas o sonho realizado de plantar uma árvore, ter um filho e escrever um Livro?
Já tenho um pequeno caminho andado no mundo das letras. Publicação de 8 livros incluindo poemas, crônicas, artigos e um a história romanceada sobre a participação do meu pai na Segunda Guerra Mundial. Além destes livros, recebi premiações e classificações de alguns poemas em concursos realizados também nacionalmente. Pretendo fazer mais uma edição dos 8 livros escritos, em pequenas tiragens. Me propus a escrever enquanto a vida me permitir, mas sempre com calma, devagar, sem que as publicações virem situações traumatizantes, pela dificuldade que gira em torno da literatura, atualmente. Já plantei árvores, já publiquei alguns livros, mas não consegui o principal, que é ter um filho. Portanto, cada livro é considerado como um filho saído de um parto espiritual e mental bastante lapidado.

O que você acha da vida de escritor em um Brasil com poucos leitores e onde a leitura é pouco valorizada?
Creio que a vida de escritor, no Brasil, é bastante difícil, quase impossível. A prova, é que as pessoas jamais deixaram de escrever, porém os leitores diminuíram bastante. Temos o exemplo de escritores lançando livros cada ano, sem conseguir boas vendas, e sem saber onde colocar as sucessivas edições. Penso que a leitura deve ser iniciada na primeira infância, em casa, junto com os pais, família, depois, a continuação na escola. Vivemos em um país que mostra um quadro crítico de muitas crianças e jovens que ainda não aprenderam a ler e escrever o básico, muito menos ler e interpretar um livro, um romance ou um simples noticiário que a mídia lança no ar.

Como você ficou sabendo e chegou até a Scortecci Editora?
Conheci a Scortecci Editora através da Internet, quando procurava uma editora para publicar os meus livros, que oferecesse qualidade na entrega dos produtos finais.

O seu livro merece ser lido? Por quê? Alguma mensagem especial para seus leitores?
Creio que o meu livro A ÁGUA E A CRIANÇA merece ser lido, sim, pelas pessoas que ainda têm sensibilidade dentro de si. Pessoas que curtem a infância, a natureza, a beleza das coisas simples da vida. A mensagem que deixo aos meus leitores, de todas as idades, é que continuem iluminando a sua vida e mente através da leitura. Cada livro traz mensagens diferentes, visões novas da vida e do mundo, e cada escritor deixa um legado muito especial sobre o que foi, o que está acontecendo, e também sobre o futuro da Humanidade. Principalmente, ame e cuide das crianças e da natureza. Faça a sua parte!

Maria Cristina Andersen
Blog do Escritor

Curta nossa página no Facebook
Facebook

Voltar Topo Enviar a um amigo Imprimir Home