O TROCADILHO / J. F. de Sousa

O autor espera prender a atenção do leitor com Suas anedotas e pegadinhas, com diversas  situações vividas no dia-a-dia que este aventureiro do humor transformou em riso. Com seus jogos de palavras em trocadilhos ele espera desafiar seu pensamento e curiosidade. Neste mundo em que vivemos estamos necessitados de umas boas risadas, de bom humor, é o que o autor espera que esta obra simples e de leitura rápida trará. Um guia de bolso básico para você se divertir onde estiver, um livro para carregar consigo e colocar como um dos seus livros de cabeceira. Um livro que deseja que possa ser lido e relido quando desejar. Aqui, numa linguagem bem brasileira saceia nosso ego de humor abordando nossa realidade com uma pitada de sátira e com assunto de política, amizade, natureza, entre outros...  

Não era pra ser assim, mas como
Ninguém sabe o que esconde depois Da curva,
fui surpreendido por este
Emaranhado de teias de aranhas,
Para embaraçar a vida de quem
Tentar atrapalhar o meu caminho.
Mas quem ficou embaraçado,
na Realidade, foi o próprio
 contador De estórias.  
Porque a felicidade é feita de coisas
Que você decide por princípios.
Talvez eu possa gostar ou não do
Meu quarto, não importa como a
Mobília esteja  organizada.
A Dependência e a preparação
da Minha expectativa...
já estou Decidido que
vou amar a ideia.
Cada dia é um presente, e
Enquanto meus olhos se abrirem
E focarem o novo dia
agradecerei Com muito amor.
E as lembranças alegres, que
Eu guardei, pensando numa certa
Época da vida.
A velhice é como uma conta
Bancária: você só retira aquilo que
Guardou, então meu conselho
Para você é depositar um monte
De alegria e felicidade na sua
Conta de lembranças.
E como você,
Veja, eu ainda estou depositando e
Acreditando que, por mais
Complexa que seja a vida, o sábio
É quem a simplifica.

Eu sou o terceiro filho de uma
Irmandade de dez.
não foi em vão Que
eu disse para a minha
pré-Tendente do dia a dia:
?eu te adoro pelo que
você tem Por dentro?.
Ela respondeu: ?e eu adoro
Você pelo que tem por fora?.
Por que Não adoramos juntinho a ideia, para Que possa amadurecer Ué?
E ela está Verde, talvez seja o grau
de necessidade
Do compasso para medir
o triângulo.
 
No começo eu estava morrendo
De vontade de terminar o colegial
E entrar na faculdade, e então eu
Estava morrendo de vontade de
Terminar a faculdade e começar a
Trabalhar, e então eu estava
Morrendo de vontade de casar e
Ter filhos, e então eu estava
Morrendo de vontade de ver meus
Filhos crescerem
o suficiente para ir
À escola, e poder voltar a trabalhar,
E então eu estava morrendo de
Vontade de me aposentar, e agora,
Eu estou morrendo e subitamente
Percebo que esqueci de viver.

Serviço:

O Trocadilho
J. F. de Sousa

Scortecci Editora
Humorismo
ISBN 978-85-366-4021-1
Formato 14 x 21 cm 
128 páginas
1ª edição - 2014
Preço: R$ 30,00

Voltar Topo Enviar a um amigo Imprimir Home