O OLHO DE ALDEBARAN / Volmer Silva do Rêgo

2066 - Toda a vida na superfície do planeta desapareceu. Guerras, pestes, a natureza e o cosmo em movimento foram as razões do desastre. Os humanos, reduzidos a uma pequena fração populacional escondem-se em cavernas hightech - sabem que serão extintos - mas vivem em um novo Estado, sem religião, sem política - uma só língua, socialista na forma do trato das pessoas e dos recursos escassos - a única ideia: sobreviver!

A tecnologia é avançada e os sistemas captam sinais de rádio vindos de uma estrela - na constelação de Touro - no olho do touro: Aldebaran. É um sinal inteligente! Outra civilização? Os líderes da pequena sociedade organizada apostam e decidem enviar uma nave tripulada até lá. Um homem, duas mulheres cuidarão da nave útero programada para levar nove fetos em desenvolvimento, protegidos, com características e potencialidades biológicas superdesenvolvidas para suportar a longa viagem, mais de 40 anos. Com os adultos aprenderão a serem humanos, a nave cuidará do resto.

Lá esperam encontrar um novo lugar, novas condições para uma nova civilização baseada na espécie humana e continuar. Para isso as pessoas sofrem mil dificuldades, perseguições, aventura, romance, tramas, crises, perigos. A sociedade caminha para a extinção iminente. Naquela nave, pessoas, fetos, a única esperança. A nave parte, mas uma contração do comprimento e dilatação do espaço-tempo, evento dinâmico da relatividade, uma singularidade quântica, provoca uma reação inesperada...Leia e descubra...

... o melhor da ficção nacional (scifi) dos últimos anos. Um tributo à ars literaria!
Wilson Bueno  - Caderno 2 O Estado de S. Paulo

... o texto é ágil, as surpresas se avolumam em um jogo de informações... Um grande do Realismo Fantástico! 
Rodrigo Leal Rodrigues - Presidente da Academia Lusíada de Ciências, Artes e Letras

... soprendente! Volmer logró escribir un libro fantástico, quizá la primera literatura transgénero!-
Jose Rafael Hernández Fereira  - Proyecto Expressiones Venezuela

Volmer Silva do Rêgo, nasceu em Recife (PE), em 6 de maio de 1960. Jornalista, Professor com licenciatura plena em Literatura e Língua portuguesa e espanhola, Sociologia e Filosofia é pós-graduado em Ciência Política, autor e diretor executivo do Projeto Multimídia Aldebaran: Game, Filme de animação gráfica, Música, Literatura, HQ e álbum de cromos, baseado no livro de mesmo nome lançado em 1997 e agora publicado pela Scortecci Editora. Escreveu vários livros de gêneros distintos ? contos, romances, poesia, ensaios ? e é artista plástico gráfico tendo sido premiado na III Bienal Internacional de Arte de Santos, exposto no MASP, na Casa do Artista e na Secretaria de Cultura de Guarulhos entre outras. Atualmente é professor responsável da Sala de Leitura de uma unidade escolar da secretaria de educação do estado de São Paulo.

Serviço:

O Olho de Aldebaran
Volmer Silva do Rêgo

Scortecci Editora
Ficção Cientifica
ISBN 978-85-366-3942-0
Formato 14 x 21 cm 
276 páginas
1ª edição - 2014
Preço: R$ 35,00

Voltar Topo Enviar a um amigo Imprimir Home