AS PERIPÉCIAS LABREENSES / Chaguinha do Biá

Esta pequena e nova obra intitulada As peripécias labreenses, conta diversas histórias do nosso imenso e arrojado território amazônico, que hoje coloca a região norte do nosso queridíssimo Brasil, no patamar de destaque em todo o cenário mundial, do grupo de animais que fizeram e fazem parte integrante do nosso maior e vulnerável pulmão verde da face do planeta Terra, do patriotismo, é em defesa desses pequenos animais que este livro vem ao encontro do leitor amazonense, pedindo uma reflexão quanto ao nosso meio ambiente.

Chaguinha do Biá, nome literário de Francisco das Chagas Teixeira Souza, professor, poeta, ornitófilo, ilustrador e fotógrafo, nascido no Igarapé Vitória, rio Mamoriazinho, afluente do rio Purus, município de Lábrea (AM), no dia quinze de julho de 1957. Filho de Franklin Teixeira de Souza (Biá) ? funcionário público, natural do Ceará, veio para o Amazonas como soldado da borracha em l945 ? e de Maria Bezerra de Souza (Polônia) ? amazonense, agricultora, seringueira e filha de cearense. Desde muito cedo o poeta já ajudava seus pais no sustento da família, trabalhando na lavoura do roçado e da várzea, sempre nos horários de folga dos estudos, também para a compra do seu material didático escolar.

Serviço:

As Peripécias Labreenses
Chaguinha do Biá

Scortecci Editora
Poesia
ISBN 978-85-366-3310-7
Formato 14 x 21 cm
64 páginas
1ª edição - 2013
Preço: R$ 19,99

Voltar Topo Enviar a um amigo Imprimir Home