O CRIADOR E O PREDADOR / Olegário Natureza

Me entristeço ao ver o desequilíbrio natural da vida, mas vejo que não é possível a vida, a vida está morrendo por causa humana, o meu coração chora lagrimejando sangue, o prazer humano é só dizimar, a vaidade se mostra na estupidez do coração que já não sente mais o amor ao seu semelhante.

Voltar Topo Indicar a um amigo Imprimir
 

Portal do Escritor 
Divulgação de Autores e Livros da Scortecci

FALE CONOSCO

 
Nipotech