BARILOCHE, 10 ANOS DE AVC / Norberto T. Takahashi

Conheça a surpreendente história de Norberto, que sofreu um AVC no auge de sua vida profissional, e perdeu repentinamente toda a mobilidade do corpo, e só mexia os olhos. No livro são descritos os antecedentes, o AVC em Bariloche, o seu precário socorro, o impasse de trazê-lo ou não para SP, as passagens pelas UTI’s e a internação de 14 meses.

O retorno para casa como cadeirante com Home-Care, a reabilitação na AACD e em Casa, a cirurgia do pulmão, o “Foco na reabilitação” e as reconquistas na qualidade de vida. Teoriza o seu AVC com a Evolução do Ser Humano, aborda as Enfermagens havidas até hoje e encerra dando dicas preciosas aos deficientes, com críticas a alguns casos absurdos de acessibilidade no Brasil. Assim, evidencia que os anos de muita luta, dedicação, reflexão e fé foram determinantes para a sua razoável recuperação.

Nascido em 1960, paulista, nissei, casado e engenheiro civil (1987), pós-graduado pela EPUSP (2010). Aos 15 anos já era desenhista autônomo, aos 20 teve o seu único emprego registrado, chegando a sócio em 5 anos e, assim, ficou mais 5 anos na Proplasa.

Saiu de lá em 1989 e em 1990 fundou a Politécnica Engenharia de Estudos, Projetos e Planejamento Ltda., que por mais de 10 anos serviu a órgãos públicos e privados, e há tempos especializou-se em atender os principais hospitais e indústrias multinacionais, com uma família de 30 colaboradores.

Em 2007, quando teve o AVC, ele já tinha realizado seus principais e modestos desejos desta vida (fundar a sua própria empresa e conduzi-la há mais de 10 anos, fazer uma pós-graduação na EPUSP, conhecer o Japão de seus ancestrais e alguns outros países desenvolvidos, prover o futuro escolar da sua filha, empreender um prédio comercial, dentre outros).

Neto de quatro avós vítimas de AVC, então com 47 anos, fumante de até um maço e meio por dia, fã de um bom whisky e empresário workaholic, ele tinha tudo para ter um AVC, e foi o que aconteceu em julho de 2007. Ele [quase] morreu e ficou em Locked in ou Síndrome do Cativeiro (só mexe os olhos). Durante meses ficou como um vegetal. Daí seguiu-se uma saga de dez anos de luta pela vida e reabilitação, contada em detalhes e com humor crítico neste livro.

"Quando do AVC, ele só mexia os olhos e hoje trabalha, dirige e faz de tudo.” Conheça a saga de luta pela Vida após um grave AVC, contada sob a ótica da sua vítima. Trata-se de leitura recomendada para todos os doentes graves, seus familiares, amigos e profissionais da área da saúde. Todo valor arrecadado com este livro é em prol da AACD.

O livro relata a ocorrência do AVC sofrido pelo autor em Bariloche, o precário socorro local, a dúvida de trazê-lo ou não para São Paulo, a estada nas UTIs dos hospitais Einstein, São Luís e Oswaldo Cruz, e 14 meses de internação neste último.

Apresenta o retorno para casa como cadeirante com home care, aborda as enfermagens havidas até hoje, a depressão, a reabilitação física e psicológica, a cirurgia do pulmão, o foco na reabilitação, as reconquistas na qualidade de vida. Faz conjecturas sobre a ocorrência do AVC como uma forma de evolução do ser humano.

Encerra com dicas preciosas às Pessoas Portadoras de Necessidades Especiais – PNEs, com críticas a alguns casos absurdos da acessibilidade no Brasil. A sua história de vida foi contada no TELETON 2013.

Acesse https://www.youtube.com/ watch?v=Q1bzUCR6UXM
Site do livro
www.bariloche10anosdeavc.com

Serviço:

Bariloche,
10 Anos de AVC
Norberto T. Takahashi

Scortecci Editora
Autobiografia
ISBN 978-85-366-5144-6
Formato 16 x 23 cm
232 páginas
4ª edição - 2017
Preço: R$ 50,00

 
 
Voltar Topo Indicar a um amigo Imprimir
 

Portal do Escritor 
Divulgação de Autores e Livros da Scortecci

FALE CONOSCO

 
Nipotech